opções de acessibilidade tipo de contraste: Contraste Padrão Contraste Invertido tamanho da fonte

A- A+

Novidades 360º | Lista de Notícias

Exposição "Poéticas de São Paulo"

A mostra "Poéticas de São Paulo, construindo novas memórias através de velhos saberes", idealizada pelos fotógrafos Alex Gimenes e Renan Nakano, com curadoria de João Kulcsar, contará com adaptação tátil e audiodescrição das fotografias.

Anacrônicos à tecnologia fotográfica do século atual, Alex Gimenes e Renan Nakano, fotógrafos, professores, autores e pesquisadores, idealizaram o projeto "O Retratista" e desde então, seguem com o propósito de resgatar, praticar e compartilhar os saberes e fazeres fotográficos históricos, mais precisamente datados do Século XIX, em especial o processo fotográfico descoberto na Inglaterra, em 1851, por Frederick Scott Archer, a Fotografia em Placa Úmida Colódio, como popularmente conhecida.

Desde o lançamento do projeto, a dupla, que pode-se dizer, quase alquimistas, passaram por diversas universidades, espaços privados e eventos culturais em São Paulo, compartilhando seus conhecimentos acerca do processo que, em 2015 norteou as pesquisas dos professores resultando no primeiro livro de fotografia brasileiro, escrito em coautoria, totalmente em português que aborda de forma aprofundada sobre a história e o processo em Colódio - "Fotografia do Séc. XIX Ambrotipia e Ferrtotipia".

Dentre as infinitas possibilidades técnicas e estéticas que a fotografia oferece, Alex e Renan discutem e compartilham experiências produzindo trabalhos com os mais diversos suportes,  aparatos e técnicas fotográficas, seja de produção ou reprodução de imagens, como o tradicional processo de revelação de películas e papéis fotográficos, Cianotipia, Papel Salgado, Goma Bicromatada, Marrom Van Dyke, Fotografia Pinhole, Infravermelha, Panorâmica e Stereocópica, tendo hoje, a mais completa boutique online voltada ao público de processos fotográficos artesanais.

Em meio os diferentes e singulares processos, a paixão de ambos os fotógrafos são as fotografias que produzem através do processo com Colódio Úmido, seja através da centenária câmera de grande formato Kodak 2D que compraram ou da câmera 5x7" que produziram ao longo do desenvolvimento do projeto O Retratista, já adaptada para o processo em Colódio. Fruto dessa paixão e parceria, em 2019 Alex e Renan foram contemplados pelo 1º Edital de Apoio à Criação e Exposição Fotográfica da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo com o projeto "Poéticas de São Paulo - Construindo Novas Memórias Através de Velhos Saberes", resultando em uma produção fotográfica inédita e exclusivamente produzida em Colódio que será exibida de 15 de junho a 11 de agosto, no Centro Cultural São Paulo.

Com a Curadoria do célebre produtor cultural, professor e fotógrafo João Kulcsár, que ao longo da carreira realizou a curadoria de exposições de importantes fotógrafos como Henri Cartier-Bresson e Elliot Erwitt, a exposição apresenta uma releitura de vistas retratadas no Álbum Comparativo da Cidade de São Paulo 1862-1887 pelo olhar do fotógrafo carioca, Militão Augusto de Azevedo, proporcionando um comparativo da cidade de São Paulo do Século XIX e XXI e, novas vistas que retratam locais mantenedores e construtores de memória na cidade de São Paulo, traçando uma analogia com o suporte de cada imagem produzida, placa de vidro, que é em si, poeticamente frágil, fácil de ser destruída, mas se bem preservada, é resistente, durável, eterna, além de trazer uma reflexão ampliada sobre as múltiplas representações visuais que, historicamente, contribuíram para a formação de concepções especificas sobre a relação entre os modos de ver a cidade, do ponto do encontro entre a história da fotografia e a história pela fotografia, como agente catalisador e fomentador na produção de  memória.

A mostra, que contará com recursos de acessibilidade através de QR code e serão apresentados os negativos em Colódio originais de cada imagem produzida pelos fotógrafos Alex e Renan, acontecerá no espaço expositivo do CCSP - Piso Flavio de Carvalho.

Sobre a Exposição

ABERTURA: SÁBADO, 15/06/2019 às 15h
Local: Centro Cultural São Paulo - Piso Flávio de Carvalho.
Endereço: Rua Vergueiro 1000 - Paraíso São Paulo - SP CEP 01504-000
Informações: 3397 4002  / http://centrocultural.pagina-oficial.ws/site/
Entrada franca.
Livre para todos os públicos.

Visitação: Terça a sexta-feira, das 10h às 20h  // Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
Agendamento de grupos: visitasccsp@prefeitura.sp.gov.br

PALESTRA COM OS FOTÓGRAFOS E VISITA MEDIADA
Processo Criativo: SÁBADO, 29/06/2019 às 14h (acessível em Libras)
Local: Centro Cultural São Paulo - Piso Flávio de Carvalho
Entrada franca (Sujeita a lotação do espaço reservado)
Reserve sua participação: renan@diafragma8.com.br ou Eventbrit: Palestra: Poéticas de São
Paulo [Alex Gimenes e Renan Nakano]
Convidados Especiais: Carla Grião (Museus Acessíveis), Edgar Jaques Fernandes (Ator cego e Consultor de Audiodescrição)

 

 

Agenda Brasil de Acessibilidade

Clique e saiba mais sobreos principais eventos da área de acessibilidade!!!

DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Depoimentos

  • Entre os itens apresentados por você como necessários para a acessibilidade em museus temos tentado vencer um a um e por isso temos recebido vários comentários de escolas inclusivas e instituições parabenizando essa estrutura que oferece mais segurança e garante realmente o maior acesso de pe...
    Karla Osório
    Diretora da Ecco
  • ... creio que seja necessário fazer um trabalho mais intenso por parte dos órgãos responsáveis pelos museus...se faz necessário um projeto para todos os museus onde cada um deles dediquem um espaço para visitação de pessoas com deficiência...claro que com todos os rigores da acessi...
    Almir Escatambulo
    Deficiente Visual e sociólogo

Cadastro

Cadastre-se para recebernossas novidades!!!